sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

A outra de mim



Há uma outra em mim que não é esposa, não é mãe, não trabalha, nem estuda.
Esta outra é uma mulher que pode voar. Ela tem asas...
Ela sonha...
Em noites de lua, seja qual for a lua, ela busca...
Não sabe para onde vai, mas é doce...
Ela é tão doce e
leve
que flutua...
Pode que braços abertos a abracem
e lábios sedentos se saciem...
quando a sombra dela passar!

Nenhum comentário:

Alguém gostou muito!!

Loading...

Quando o arquiteto planejou o horizonte

Quando o arquiteto planejou o horizonte
seu coração ardia igual saudades...