sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Dia de chuva



Uma chuva forte e Porto Alegre cheia de vida!!

Um comentário:

Anônimo disse...

Chuva-Luz para Mulher Sereia

Por que olhar para cima?
Por que semi mergulho no mar?
Braços querem abraços,
mãos dançam música sincera
em apertos do coração.
A luz redesenha chuvas e marcas de seios,
louros cabelos, pele de pêssego:
mulher-sereia,
mulher inteira, mulher sim,
mais do que mulher...
E porque sensível e linda,
enigmas suspiram no vento sul,
nos mais róseos acalantos.

Autor: Wanderlino Arruda

Alguém gostou muito!!

Loading...

Quando o arquiteto planejou o horizonte

Quando o arquiteto planejou o horizonte
seu coração ardia igual saudades...