sábado, 26 de outubro de 2013

Não existe certo e errado, existe apenas perceber e não perceber.

Da página Advogados Ativistas :
Vivemos em um Estado moderno capitalista, isto significa que a principal relação social estabelecida é a compra e venda de postos de trabalho. É uma relação inventada, alguém tem um posto de trabalho e alguém tem condições de trabalhar. Desse modo, o capitalismo é baseado na propriedade privada, que se organiza em função da produção de mercadorias. A venda do trabalho move a estrutura social.
Não demorou para que não somente o trabalho, como o trabalhador também se tornasse uma mercadoria. Hoje, todas as relações sociais se mercantilizaram, o sexo, o corpo, a política, as amizades, a educação, a saúde…E em todos os contextos nos deparamos com uma mais valia extremamente brutal. 

Nessa sociedade são impostos fatos sociais, ou seja, ações que precisamos realizar. Por exemplo, leis são fatos sociais. Quem não "obedece" um fato social é posto pra fora. No caso das leis, segregado em presídios. Se você não postar algo engraçado ou interessante, ninguém vai curtir você no facebook e em pouco tempo suas atualizações não mais aparecerão para os seus 400 "amigos". Você foi posto pra fora.
Na escola aprendemos a obedecer e aceitar a quais fatos sociais devemos dizer "por favor", "obrigado" e "desculpa". O objetivo é formar cidadãos integrados a sociedade, é lá que desenvolvemos o espírito de adesão ao grupo, somos ensinados a gostar, fazer parte e realizar nossa natureza na vida coletiva.
Imperativos morais impõem laços entre os homens. Moral no sentido amplo, costumes e formas de existir. Sendo assim, não encontramos apenas na economia todas as respostas para como a sociedade se organiza. Para muitos pensadores o mercado não organiza a sociedade, pelo contrário, ele a dissolve.
O mercado dissolve as relações sociais e expõem todos a anomia - ausência de normas. Se não bastasse, em certos momentos as sociedades complexas forçam os cidadãos a conviverem em meio a normas conflitantes.
Nesse cenário não sabemos para que lado seguir, estamos colidindo a todo momento com normas que dizem A e normas que dizem B. O jovem é sem dúvida o mais penalizado. Exemplo recente disso foi o regaste dos beagles no Instituto Royal; existem leis prevendo os testes em animais e existem leis prevendo crimes de tortura em animais. O que você escolhe? O que é moralmente aceito pra você?
Existe o abuso de autoridade e a legítima defesa. Existe a liberdade de expressão e a proibição do uso de máscaras. O direito de manifestar-se e a repressão policial. A presunção de inocência e o uso de algemas. A lei e a desobediência civil. O desacato e a reação indignada. A burocracia e a ação direta.
Esse é o jogo, você sempre tem potencial para estar "certo" ou "errado". No entanto, tenha em mente, não existe certo e errado, existe apenas perceber e não perceber.


https://www.facebook.com/AdvogadosAtivistas?fref=ts







Nenhum comentário:

Alguém gostou muito!!

Loading...

Quando o arquiteto planejou o horizonte

Quando o arquiteto planejou o horizonte
seu coração ardia igual saudades...